quarta-feira, 27 de abril de 2011

Crenças Nativas-Povo Sábio-Magia Européia



CONSELHO DE BRUXARIA TRADICIONAL NO BRASIL
 
Fazendo algumas pesquisas, achamos um texto bem interessante sobre práticas mágicas na Europa, segue abaixo o texto.

Cunning Folk seria algo como povo astuto ou hábil, que numa interpretação seria dito como "gente sábia", algo muito próxima à base da Bruxaria Tradicional de raiz ou campesina.

O termo direciona a pessoas ligadas a práticas magistas populares entre o século XV até o começo do século XX.

Em Portugal e Espanha são conhecidos como benzedeiras e curandeiros. Temos autores como Willem de Blécourt, Katherine Briggs e Owen Davies têm focado seus estudos nas práticas e crenças populares, divulgadas e aceitas por historiadores e folcloristas.

Na Escandinávia e Suécia eram conhecidos por serem pessoas mais idosas geralmente membros da comunidade, que atuavam com fitoterapias, medicina alternativa, parteiras e utilizavam de magia popular tal conhecemos como simpatias e o uso de rezas e rimas mágicas.

Tal como em 1600 com os julgamentos por bruxaria, hoje ainda encontramos julgamentos e preconceito dessas técnicas, julgadas como superstições ou charlatanismo. Citamos Brita Biörn de Gotland, disse no tribunal que aprendeu a curar os doentes, quando ela passou algum tempo no submundo , e ela foi condenada à prisão de 1722 e 1737. Apensar da punição de "curandeiros" na Suécia só parecia ter o efeito oposto; cada vez mais pessoas buscam desta medicina popular e mágica.

 
Postar um comentário