quarta-feira, 4 de junho de 2014

AS LINHAGENS DA DEUSA – QUINTA PARTE

As Linhagens da Deusa – 5

Flor Natural e Simbolo da Flor de Liz


O Mistério do Caminho da Linhagem
da Flor de Liz


Este é o Caminho do Patriarca; nele se pode encontrar os símbolos-pasos que um Mago deve dar em direção a sua auto-realização.
São cinco etapas bem definidas e intrinsecamente relacionadas com as etapas do Ser.

- A 1º etapa é a Reavaliação.
- A 2º etapa é a Reestruturação.
- A 3º etapa é o Redescobrimento.
- A 4º etapa é a Rememoração.
- A quinta etapa é o Florescimento, simbolizada pela
Vara de Aarão.


Simbolo da Reavaliação

1) A Reavaliação trata de encontrar a justa medida para nós, a “justeza” de nosso coração, o nosso “ING” , a nossa relação exata com o nosso mundo interno e com o externo.
Somente depois disso, depois de saber qual é o nosso ING é que podemos passar a segunda etapa.




Simbolo da Reestruturação
2) A Reestruturação é uma etapa na qual somos sacudidos até os ossos, somos Um e somos dois, e somos três e voltamos a ser Unos.
Se trata de expandir nossa consciência e nosso Ser a novos horizontes; se trata do equilíbrio, da perda dele e de voltar a encontrá-lo.
Se trata de encontrar uma nova base, uma nova forma para nós, mais ampla e mais pura.

Simbolo do Redescobrimento

3)
A terceira etapa, o Redescobrimento
talvez seja a fase mais bela deste Caminho; nela aprenderemos a ouvir o nosso coração pois ele será “ferido” , “flechado” com a Tocha da Grande Mãe, que acenderá a Chama Sagrada nele, tornando-o iluminado pela Luz Dela.
Com a “marca da Lua” gravada no mais íntimo de nosso Ser, esta etapa nos mostrará todos os recantos e os mundos que perfazem o todo de nosso Ser.
A Luz desta Senda mostrará toda a beleza interior que contemos e poderemos contemplar a dança das Sombras sem nenhum temor a elas, pois passarão a fazer parte de nossa consciência.
Redescobriremos assim o maravilhoso Ser que criamos a partir de uma única partícula de Luz e Sombras.


Simbolo da Rememoração
A 4º etapa a Rememoração, trata da recordação, da lembrança daquilo que ficou atrás; ela trata da reconstrução do Templo Interno, lugar onde habitam nossos demônios.
Depois de termos sido iluminados na etapa anterior, agora poderemos olhá-los de frente e saber que fazem parte de nós, ainda que não possam ser considerados pelos padrões de beleza humanos.
Veremos nesta etapa que estas partes-sombras são nossa fortaleza se soubermos assimilá-los e trabalhar com elas quando é preciso dizer: Não!


Simbolo do Florescimento
5) A quinta etapa, o Florescimento é a grande chave do Caminho do Patriarca, é a chave de um grande Mago.
O símbolo dela, representado pela Vara de Aarão também representa o florescimento, o surgimento do Mago em nós, aquele que controla e manipula as Leis da Natureza a vontade pois está em perfeita sintonia com elas, porque ele tornou-se a própria Lei Natural que rege todas as coisas e todos os Seres.
Nenhum homem desta Linhagem pode auto-intitular-se “Mago” enquanto não tiver percorrido este Caminho e conquistado a sua Vara ou Florescimento.
Antes disso somente pode considerar-se um Bruxo ou um Sacerdote que recorre o Caminho em que precisa lembrar, recordar sua própria e única Magia.

Postar um comentário