quinta-feira, 17 de novembro de 2011

ORAÇÃO DA NOITE


.


Que não seja a tua vontade certeira,
Como certos são o dia e a noite.
Que não seja a tua maldade inteira,
A ferir-me tal qual açoite.

Que tua boca se cale ao querer difamar.
Que teus braços travem ao querer atacar.
Que tuas pernas tremam ao querer avançar.
Que teus maus pensamentos se dissipem no ar.

Oh, grande espírito, Wakan Tankan!
Ajudai meu espírito no Leste, com bons direcionamentos.
Pois, no limiar do Oeste meditei e a ti implorei a cura.

Teus ensinamentos e os bons pensamentos.
Venho do Sul e em mim ainda habita a humilde criança.
Leva-me para o Norte, dai sabedoria e sorte.
 
PEMBA NEGRA
Fonte: SabedoriaRituais@yahoogrupos.com.br
Postar um comentário